segunda-feira, 20 de abril de 2009

Boxer - Alimentação e a pele.




A alimentação pode, pela sua qualidade, influir sobre numerosos órgãos e de maneira particular sobre a pele. Um desequilíbrio alimentar pode provocar perturbações cutâneas, alterar a qualidade da pele e do pelo, seja de maneira directa por carência, seja indirectamente por excesso ou desequilíbrio ao nível do fígado e do intestino.

EXCESSO DE PROTEÍNA:Sobretudo desde que sejam proteínas pouco digestíveis provenientes de tendões, ossos ou cartilagens, podem provocar diarreias, produzindo-se um fenómeno de decomposição ao nível do intestino. Daí a libertação de factores tóxicos para o fígado e os problemas de dermatose secundária.

AMIDO CRU, MAL COZIDO OU EM QUANTIDADE EXAGERADA:Provoca fermentações intestinais, aumenta a libertação de compostos tóxicos e consequentemente uma sobrecarga hepática. Fenómenos de alergia podem então manifestar-se.

ALGUMAS SUBSTÂNCIAS NECESSÁRIAS A PELE:Vitamina “A” - Essencial à pele; factor cicatrizante. É libertada no organismo a partir do fígado que a armazena; a sua libertação depende da taxa de zinco e de cálcio; uma carência de zinco ou o excesso de cálcio condiciona a sua circulação.Vitamina “E” - Assegura a estabilidade da vitamina “A” aumentando assim a sua eficácia.Vitamina “B” - Em especial a vitamina “B6”; a taxa de vitamina “B6” incluída na alimentação deve ser aumentada em função da taxa proteica. A vitamina “B6” é destruída pelo calor.Ácidos Aminados Saturados - Protectores hepáticos.

Ácidos Gordos - A sua carência pode ocasionar o endurecimento da pele, uma pigmentação anormal e que das de pelo.Sais Minerais: Zinco - Frequentemente mal absorvido ao nível do intestino em função do excesso de cálcio na ração;Cobre - Intervém essencialmente na pigmentação e no brilho do pelo.Assim, como regra geral para evitar problemas cutâneos, é conveniente:- Não dar refeições demasiado volumosas mas concentradas;- Cozer bem a massa ou o arroz;- Conhecer a origem das proteínas;- Não recorrer sistematicamente a alimentos que possuam taxas proteicas demasiado elevadas;- Adicionar óleo vegetal à razão de uma colher por dia (óleo de milho);- Adicionar zinco (200 mg por dia);- Adicionar vitamina B.

3 comentários:

Roséle disse...

Olá..postei anteriormente, mas acho q este é o caminho pra minha dúvida..rs..rs..mas ainda não pude compreender o q faz os pelos da minha boxer cair tanto. Excesso ou falta de alguma vitamina?E olha que o pelo dela é muito brilhoso.
Abraços

Alexandre disse...

Boa Tarde...
Já levei minha Boxer a alguns veterinários e ela continua com algumas pequenas alergias de pele , parecendo espinhas... qual pode ser a causa dessa alergia

Obrigado

Unknown disse...

Meu boxer tbm tem alergias continuas na pele, poderia me explicar o motivo disto acontecer?