sábado, 24 de janeiro de 2009

Boxer - Cuidados ao Adquirir II

Em relação ao carácter, tudo depende do gosto do dono, visto que pretende que o animal se adapte a si e à sua vida. Assim, se observar os cachorros a brincar verificará que um deles é sempre o agressor e que desafia os irmãos a brincar (denominado "Alfa" da ninhada), pelo que esse cachorro terá uma personalidade muito forte e não será um cão fácil. Se pretender um cão mais sossegado e ponderado será preferível escolher um cachorro que observe atentamente e de forma interessada as brincadeiras dos irmãos. No entanto, não se esqueça que um Boxer é um cão muito alegre e cheio de vida, sempre pronto para a brincadeira pelo que nunca será demasiado sossegado.Ao comprar um Boxer, bem como qualquer outro cão, deverá pedir o Boletim de Vacinas e o Registo de Desparasitações que deverá levar consigo quando for com o cachorro ao Veterinário. Ser-lhe-á entregue também um registo com a Árvore Genealógica do seu cachorro, conforme está registada , documento este que deverá estar assinado pelo criador para se poder proceder à transferência de proprietário.Quando for buscar o seu cachorro é aconselhável que vá acompanhado para ele não se sentir “sozinho” e “desprotegido” no caminho para o novo lar, onde já não tem os irmãos nem a mãe para lhe dar conforto num sítio onde nem os cheiros são iguais, além de que nas primeiras vezes que andam de carro costumam enjoar. Assim, ao ir acompanhado já haverá alguém que brinque com ele e que o aconchegue e sossegue no caminho para casa.Nunca se esqueça: "O dono deverá ser sempre o melhor amigo do seu cão!"Desejos de muito Boa Sorte com o seu novo amigo".

11 comentários:

Anônimo disse...

olá...tenho um boxer ( fêmea )...e mais dois poodles ( duas fêmeas )nunca pensei que fosse gostar tanto por essa raça ... sempre gostei de cachorro...sempre quis ter um boxer e um bulldoge inglês ... um ja tenho o outro ainda não sei se terei pois me apaixonei tanto pelo boxer que se possível teria outro!!

ROSI disse...

Olá, tenho um boxer puro de 4 meses, porém está dando umas feridas na cabeça dele, estou achando k ele fica se esfregando no cimento pq tá to ralado na cabeça, o que fazer ou passar.
Se alguém puder me ajudar Obrigada

Pâmella disse...

Eu tenho uma fêmea, amanhã fará 3 meses ! Ela é linda, ama brincar, brinca com tudo !!!
E muito inteligente, aprendeu muitas coisas rapidinho para a sua pouca idade !
Ela é muito carinhosa, e ama a compania de toda a minha família e muito bem receptiva com nossas visitas ! A MELHOR AMIGA DE TODA A VIDA !

Marcio Assunção disse...

Caro criador boa tarde,

Sou proprietário de uma cachorra da raça boxer, ela completará 6 meses agora dia 26 de agosto, cuido dela como se fosse uma filha para a gente já que aqui em nossa casa são somente eu e minha esposa. A alimentação dela acho que é melhor e talvez mais balanceada do que a minha, ela come somente 3 copinhos (daqueles de requeijão 200 gr. de plástico) de ração da PremierR (super Premium) a do pacote azul, sendo um copinho de manhã +ou – as 8 horas outro as 14 horas e o ultimo as 20 horas, no intervalo do período da manhã eu diversifico um dia uma cenoura outro uma beterraba (depois ela faz xixi avermelhado), outro uma maça, outro uma banana , as vezes uma folha de couve, tomate e assim vai , não dou chocolate, pão, laranja. Ela dorme num resto de caixa de papelão que ela não troca por nada, (bem acomodada) num local coberto, bem para finalizar com muita mordomia. Porem percebi a algum tempo que o pelo dela cai bastante, vou brincar com ela, ela passa por mim fica aquela pelaiada na roupa, se você pega no pelo dela e puxa vem aquele tufo, a minha pergunta é: O que está acontecendo.

NOTA: Ela está devidamente vacinada com todas as vacinas importadas e também foi castrada no dia 8 de julho, não sai na rua e nem tem contato com outros cachorros, ela é branca com umas manchas caramelo, e não é muito amiga de sol, ela só toma banho de sol de manhã.

Agradeço desde já,

Marcio

Marcio Assunção disse...

Caro criador boa tarde,

Sou proprietário de uma cachorra da raça boxer, ela completará 6 meses agora dia 26 de agosto, cuido dela como se fosse uma filha para a gente já que aqui em nossa casa são somente eu e minha esposa. A alimentação dela acho que é melhor e talvez mais balanceada do que a minha, ela come somente 3 copinhos (daqueles de requeijão 200 gr. de plástico) de ração da PremierR (super Premium) a do pacote azul, sendo um copinho de manhã +ou – as 8 horas outro as 14 horas e o ultimo as 20 horas, no intervalo do período da manhã eu diversifico um dia uma cenoura outro uma beterraba (depois ela faz xixi avermelhado), outro uma maçã, outro uma banana , as vezes uma folha de couve, tomate e assim vai , não dou chocolate, pão, laranja. Ela dorme num resto de caixa de papelão que ela não troca por nada, (bem acomodada) num local coberto, bem para finalizar com muita mordomia. Porem percebi a algum tempo que o pelo dela cai bastante, vou brincar com ela, ela passa por mim fica aquela pelaiada na roupa, se você pega no pelo dela e puxa vem aquele tufo, a minha pergunta é: O que está acontecendo.

NOTA: Ela está devidamente vacinada com todas as vacinas importadas e também foi castrada no dia 8 de julho, não sai na rua e nem tem contato com outros cachorros, ela é branca com umas manchas caramelo, e não é muito amiga de sol, ela só toma banho de sol de manhã.

Agradeço desde já,

Marcio

Anônimo disse...

Olá, gostamos muito do site e das dicas, vamos comprar nosso filhote de boxer no próximo mês, e vou seguir todas as dicas de vocês Obgd

Francilda disse...

Tenho uma boxer de 2 anos. Sou terrívelmente apaixonada por ela, que agora a pouco teve 7 filhotes que são as coisas mais fofas. Ela é exatamente como descrevem as pesquisas. Doce, travessa, ama ama ama crianças e é desconfiada e curiosas com estranhos. Gostaria de ficar com toda a ninhada, mas infelizmente não. Estou muito triste em ter que me separar deles um dia.

Anônimo disse...

Meu pai sempre teve um Boxer desde que eu nasci, atualmente tenho 12 anos, eu sempre convivi com ele desde que era criança, 1 Boxer morreu por cancer... foi um dia muito triste, ele morreu quando eu ia fazer 11 anos, ai meu pai comprou outro e os Boxers do meu pai sempre foram brincalhões, adoram crianças, convivi muito bem em sociedade mas o problema é que quando você sai com ele na rua as pessoas pensam que eles são cães agressivos e passam longe, muito pelo contrário, aqui na rua meu Boxer fica solto, ele sai de manha por volta das 9:00 e volta na tarde, umas 16:00, ele sempre foi de ficar solto, todos aqui na rua tem uma convivência maravilhosa com ele, recomendo a todos comprar um boxer, é um cão que vai te fazer companhia, se você tiver filhos ele vai adorar, mas para deixar um boxer brincar com uma criança deve sempre ter a observação de um adulto, pois como é um cão cheio de energia pode acabar usando essa energia dele e machucar ou derrubar a criança, sem intuito de agressão. Voltando o assunto recomendo a todos um boxer, cão maravilhoso, brincalhão mas o único problema dele é que ele morre cedo, isso chateia muito a pessoa quando ela tem uma grande convivência com o cão...

Anônimo disse...

estou prestes a adotar uma boxer, porém moro em apartamento, dois quartos, não muuuito grande, o que eu faço?
será um risco pra ela viver no ap? por ela ficar muito grande? vou sempre passear para gastar energia dela, porém tenho medo que ela não se sinta bem quando ficar adulta (grande)

Unknown disse...

Tenho um a pouco mais de um mês, ele vai completar 3meses de vida, dou loko por, cuido muito bem e dou muita atenção a ele, porém, to com as mãos e os braços todo esfolado, o camarada me acha osso de morder, alguém passa ou já passou por isso?

Rodrigo Laguna disse...

Eles tocam o terror, o meu tem livre acesso ao pátio e a dentro de casa, ele corre por tudo. Dentro de ap, não sei se seria uma boa.